As areias de Goiandira no céu

Por acaso vós sabeis?
Goiás também tem alma
E alma de pura areia.
As areias de Goiandira
Que outra coisa não são
Senão sangue destas veias.
Areias da Serra Dourada
Que não são de ouro só
Mas de todas as cores
Num infinito reluzir.
Areias: nosso símbolo
A  nos tecer  louvores.
Areia que cruzou mares
Num arranjo deslumbrante
E foi pousar noutros lados
Nos mais finos ambientes,
Abrindo novos caminhos  -
Uma luz de nosso Estado.
Goiandira, e agora?
Que vai o céu colorir
Com sua areia encantada
Para o divino deleite?
Deixe cair sobre nós
Um arco-íris de filós
Num carinho de confete!
(Em homenagem à grande artista goiana, por ocasião de sua morte em 22 de agosto de 2011)

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por comentar. Logo que eu puder, libero e respondo o seu comentário.